Celebramos o Natal atualmente em 25 de dezembro em comemoração ao nascimento de Jesus Cristo. Na Roma antiga, este dia simbolizava o início do inverno…Esta data àquela época pagã, era  uma comemoração ao deus Sol. Na Antiguidade , o Natal ( apesar da incerteza do dia exato do nascimento de Jesus) era comemorado em várias datas diferentes e, apenas no séc. IV estabeleceu-se  o dia de 25 de dezembro como data oficial do Natal numa tentativa  bem sucedida de cristianizar uma festa pagã.
 
Alguns símbolos do Natal se tornaram bastante conhecidos, até nos mais longínquos lugares do Planeta.  São exemplos a figura de Papai Noel e suas renas, o presépio, a árvore de Natal, entre outros. Vejamos como tiveram sua origem.
 
A figura de Papai Noel como um bom velhinho que distribui presentes na noite de Natal inspirou-se no arcebispo de Mira, Nicolau Taumaturgo, nascido na Turquia por volta de 280 d.C. e que, costumava ajudar os pobres deixando saquinhos com moedas perto das chaminés de suas casas. Parece que a referência às chaminés vem do costume que tinham as pessoas de limpar as suas chaminés no Ano Novo simbolizando a entrada da boa sorte durante os dias do ano que se iniciava. Alguns estudiosos, no entanto, creditam a verdadeira origem à Finlândia, onde os antigos lapões construiam  a entrada  de suas casas ( pequenas tendas semelhantes a iglus, cobertas com peles de renas) sob a forma de um buraco no telhado.
 
Papai Noel nem sempre teve essa imagem pela qual o reconhecemos, isto é, com roupas nas cores vermelha e branca e um gorro vermelho de pompom branco. Esta  representação foi uma criação do cartunista norte americano Thomas Nast na revista Harper’s Weeklys que à época vestiu de verde o Papai Noel ( até o final do séc.XIX as roupas do Papai Noel eram marrons). Em 1931, a Coca Cola realizou uma campanha publicitária e  inseriu as cores vermelha e branca (cores de seu rótulo) . Esta imagem, que hoje é amplamente conhecida, difundiu-se mundo afora…
 
E sobre as renas? Esse mito surgiu na Europa no séc. XIX. Eis seus nomes: Rodolfo ( o de nariz vermelho e brilhante que ajuda a guiar as outras renas durante as tempestades), Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, cometa, Cupido, trovão e Relâmpago.
 
Para aqueles que "acreditam" em Papai Noel- como eu – aqui vai uma dica: nos países do norte da Europa, a tradição repassa que Papai Noel não vive no Polo Norte e sim, na Lapônia, na cidade de Rovaniemi. Lá existe até o "escritório do Papai Noel" e um parque conhecido como Santa Park. Eis aqui o "endereço oficial "do Papai Noel: 
Santa Claus
FIN- 96930  Arctic Circle
Rovaniemi – Finlândia
 
A tradição da árvore de Natal remonta ao ano de 1530 na Alemanha. Conta-se que Martinho Lutero, certa noite ao caminhar pela floresta impressionou-se com a beleza dos pinheiros cobertos de neve sob a luz das estrelas. Ao  chegar em casa procurou reproduzir para seus familiares a imagem que o encantara tanto e, para isso, colocou num pinheiro estrelas, algodão e velas acesas…
 
Outro importante símbolo do Natal é o presépio, que retrata o cenário do nascimento de Jesus. São Francisco de Assis (séc.XIII) criou essa representação ao montar, num momento de inspiração e devoção, o primeiro presépio onde estavam simbolizados o menino Jesus, os animais, a manjedoura, Maria e José e os reis magos.
 
 
Como se escreve Feliz Natal nas várias linguas:
 
  • albanês – Gëzuar Krishtilindjen
  • alemão – Fröhliche Weihnachten
  • armênio – Shenoraavor Nor Dari yev Pari gaghand
  • basco – Zorionak
  • catalão – Bon Nadal
  • coreano – Chuk Sung Tan
  • castelhano – Feliz Navidad ou Felices Pascuas
  • esperanto – Gajan Kristnaskon
  • finlandês – Hyvää joulua
  • francês – Joyeux Noël
  • galês – Nadolig Llawen
  • georgiano – Kristas Shobas
  • grego – Καλά Χριστούγεννα
  • holandês – Prettig Kerstfeest
  • inglês – Merry Christmas ou Happy Christmas
  • italiano – Buon Natale
  • japonês – Merii Kurisumasu (adaptação de Merry Christmas)
  • mandarim – Kung His Hsin Nien
  • romeno – Sarbatori Fericite
  • russo – S prazdnikom Rozdestva Hristova
  • sérvio,croata, bósnio – Sretan Božić
  • sueco – God Jul
  • ucraniano – Z Rizdvom Hrystovym
  • português – Feliz Natal
  • macedônio – Sreken Božić

 

About these ads